Categorias
Romance

Como ser um agregado bem sucedido?

Existe um ponto do relacionamento onde a família entra de brinde e o casal tem mais um ponto de equilíbrio para contar, depende da paz da família para estar 100% bem.

Um bom agregado nessa hora, tem que entrar na família com transparência, sendo ele mesmo, e mostrar sua disponibilidade de fazer parte dela. É muito importante não achar que você está lidando com sua família e não abusar da liberdade em certas horas.

Por exemplo: Se der uma briga entre irmãos, pais e filhos ou até mesmo tios e tias, não se intrometa (sob nenhuma hipótese), você pode ter uma opinião, desde que esta não vire fofoca, ou sirva de veneno pra alimentar alguém que só precisa da faísca pra fazer do atrito um incêndio. Em brigas familiares e de casal, ninguém pode se meter pra tomar dores ou ser agressivo demais, a família por fim, sempre vai estar junta. E se você arranjar aquela bela confusão com alguma das pessoas dela, não vai conseguir recuperar o mesmo relacionamento que tinha, ao contrário de pessoas com o mesmo sangue.

Briga de familia
Se envolver é proibido, sofrer junto é opcional!

Levo comigo uma vontade de ter paz em meus relacionamentos sendo legal com todo mundo e nivelando as pessoas por baixo, não espero muito delas, nem fico de fofoca sobre quem me decepcionou. Já passei por diversas situações, e numa delas rolou A briga generalizada na minha família. Depois de dias tudo estava perfeitamente bem, todos se falavam e não havia mágoa de nenhum lado, mas tinha um agregado que se meteu na discussão, falou poucas e boas pra uma de minhas tias e até hoje essa pessoa nunca mais foi vista e tratada da mesma maneira. Não, as pessoas não foram injustas, esse tipo de laço raramente se cria com um agregado, e o perdão é mais difícil de surgir, assim como a reconstrução da relação com essa pessoa.

Então, como ser um agregado legal, afinal? Aqui vão umas dicas:

– Não sinta ciúme. De ninguém, de nada e nenhuma atitude. Cada pessoa tem um espaço e um papel dentro da família, você obviamente, terá o seu.

– Não fofoque sobre outras pessoas da família, obviamente que algumas situações merecem desabafo, mas concentre em um amigo que não tem contato com a família do seu amor.

– Numa briga, tente apartar. Não coloque mais fogo, e muito menos,se espelhe em atitudes que familiares estão tendo uns com os outros e faça igual. Você vai sair prejudicado, como aquele amigo que faz leva e traz numa briga de casal, sempre acaba afastado dos dois quando voltam.

– Seja próximo e solícito, mesmo quando achar que alguém pode estar abusando da sua boa vontade. Acontece nas melhores famílias, todo mundo vai precisar de ajuda ou conselhos. E toda família tem alguém mais perdido, mais carente, mais grosseiro e etc. Aceite as pessoas como elas são.

– Quando acontecer algo que te desaponte, não perca a cabeça e muito menos brigue com seu parceiro por causa de problemas externos. Vocês tem que ter firmeza e usar toda a cordialidade possível para que nenhum dos dois tenha intrigas com ninguém. Assim poderão ter paz e ser benvindos em qualquer situação e lugar.

– Se você tiver alguma mágoa sobre o acontecido eu aconselho não tentar consertar. – Alê, mas eu não deveria tentar? – Não, ninguém deve nada. Ainda mais se não for a sua família, você só pode se intrometer no papo se estiver totalmente resolvido e calmo, assim poderá jogar panos quentes, e por exemplo, corrigir atitudes ou coisas ditas pelo seu parceiro que foram puro reflexo de um momento ruim.

E tadááááááa, voce será uma pessoa legal. Mas não se iluda, toda família tem aquele pentelho que vai te olhar torto e tentar te deixar nervoso, o importante é não permitir ser afetado.

Espero que com esses conselhos você seja feliz e amado pela sua sogra, sogro, cunhados e cunhadas, tios e tias e toda a família do seu par. 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *